terça-feira, 7 de janeiro de 2014

ENTREVISTA SOBRE SEGURANÇA NO SKATE COM CEZAR GORDO E MARCUS CIDA

Associado à rebeldia e restrito a grupos alternativos nos anos 1980 e 1990, o skate ganhou a simpatia de milhares de pessoas na última década e é hoje um esporte popular, praticado por 500 mil pessoas no Estado. Mas o crescimento, positivo para a saúde e a mobilidade urbana, traz um perigo intrínseco: a segurança de seus praticantes. 

No último domingo, o jovem Hudson Felício Ilaria, 17 anos, morreu após chocar-se contra uma Kombi na Lomba do Pacheco, bairro Rubem Berta, zona norte da Capital. Ele não usava equipamentos de proteção. 

A falta de capacete, cotoveleira, joelheira e luvas entre os adeptos do skate como esporte ou forma de locomoção aumenta os riscos de lesões graves e mortes. A preocupação é maior ainda pela lacuna de espaços satisfatórios para os skatistas em Porto Alegre. Para quem usa o skate como meio de transporte ou como equipamento de lazer, as ruas e avenidas — geralmente movimentadas — são os locais que oferecem maiores riscos.



Por isso, a precaução deve ser regra, especialmente entre os iniciantes, conforme o presidente da Federação Gaúcha de Skate, Régis Lannig, 34 anos: 

Na modalidade street, a mais comum, os praticantes utilizam obstáculos urbanos — escadas, bancos, corrimãos — para as manobras. Já na downhill (descida de ladeiras), prática que Hudson realizava no momento do acidente, a velocidade pode ultrapassar os 100 km/h. Em ambos os estilos, qualquer acidente tem potencial elevado de gravidade.

— Na minha loja, quando vejo que o cara está começando, dou as orientações na frente do pai. A molecada não ouve o pai. Chego para andar em pistas e, muitas vezes, a criança está acompanhada dos familiares, em rampa de concreto, sem equipamento. E a iminência de uma batida na cabeça? — questiona Lannig. 

— A maioria dos acidentes acontece com principiantes, não com praticantes de longa data. Não se deve ter uma postura negligente. Os pais precisam saber: muita gente vai para a rua sem orientação, e a omissão parte deles muitas vezes. O problema não é o skate, mas a atitude. 

Cezar Gordo explica como usar os equipamentos de segurança, clique na imagem e confira o vídeo:



Skatistas de Porto Alegre querem pistas adequadas
De acordo com a Secretaria Municipal da Juventude, Porto Alegre conta hoje com 26 pistas. As principais são a do IAPI, do Parque Marinha do Brasil, do Centro Esportivo e Cultural da Bom Jesus, da Praça México e do Belém Novo. O número ainda é considerado baixo, para os aproximadamente 100 mil skatistas que costumam realizar suas manobras na cidade. 

Entretanto, a Lomba do Pacheco, local onde morreu Hudson, não é considerado um ambiente de lazer. Nos finais de semana, algumas áreas de Porto Alegre costumam ser fechadas pela prefeitura para a prática de atividades esportivas e de lazer, como caminhadas, corridas, ciclismo e skatismo. A lista inclui os corredores de ônibus da Terceira Perimetral (domingos e feriados) e da Avenida Cascatinha (domingos e feriados), a Rua José Bonifácio (domingos, para o Brique da Redenção), a Avenida Edvaldo Pereira Paiva (sábado à tarde, domingos e feriados) e a Avenida Padre Cacique (domingos e feriados). 

— Nossa cidade não é amigável para o esporte, por falta de espaço e política eficientes — argumenta Jean Andrade, ex-presidente da Federação Gaúcha de Skate. 

Segundo ele, "quase todas as pistas são inadequadas, pois foram adaptadas de pistas de bicicleta, que são diferentes": 

— Além disso, necessitamos de uma legislação municipal que determine o uso de equipamentos de proteção e limites legais. 

O secretário municipal da Juventude, Luizinho Martins, salienta que há uma dificuldade legal para o fechamento de ruas e garante que a prefeitura está investindo em novas pistas: 

— Para a prática corriqueira, é praticamente impossível fechar as ruas. Precisamos de uma mudança cultural nos skatistas. Uma galera não aceita isso, mas temos de trabalhar melhor. Quem quer andar tem de se prevenir. 

Matéria por Maurício Tonetto, Zero Hora.

Clique aqui e confira os equipamentos de proteção disponíveis nas Matriz Skate Shops.

Um comentário:

Wenhao Guo disse...

ddddd0921ugg outlet, http://www.uggsoutlet.us.org/
lebron 12, http://www.lebronjamesshoes.in.net/
mbt sneakers, http://www.mbtshoesoutlet.us.com/
nike air foamposite one,foamposite,foamposites,foamposite release 2015,foamposite sneakers,foamposites for sale,foamposite gold
links of london uk, http://www.linksoflondons.co.uk/
chelsea jersey, http://www.chelseajerseystore.com/
marc jacobs handbags, http://www.marcjacobs.cc/
hermes outlet online, http://www.hermesoutletstore.us.com/
san francisco 49ers, http://www.sanfrancisco49ersjerseys.us/
ray ban, http://www.occhiali-rayban.it/
seattle seahawks, http://www.seattleseahawksjersey.us/
ghd hair straighteners, http://www.ghdhairstraightenerssale.co.uk/
los angeles clippers, http://www.clippersjerseystore.com/
michael kors outlet online,michael kors,kors outlet,michael kors outlet,michael kors handbags,michael kors outlet online sale,michael kors handbags clearance,michael kors purses,michaelkors.com,michael kors bags,michael kors shoes,michaelkors,cheap michael kors
lebron james shoes,lebron 12,lebron 12 shoes,lebron sneakers,lebron iv,lebron 11,lebron 10
mizuno running, http://www.mizunorunningshoes.us/
louis vuitton uk, http://www.louisvuittonhandbags.org.uk/
nike air max, http://www.airmax2015.com/
indianapolis colts, http://www.indianapoliscoltsjersey.us/